Posts Tagged 'google'

Google com URLs abreviados

Parece que agora virou moda algumas empresas ou serviços usarem links curtos como atalho. Por um lado, devo dizer que é bastante útil, principalmente no Twitter, visto que só permite 140 caracteres.

A Google começou por lançar este serviço direccionado apenas ao serviço FeedBurner e também para a Google Toolbar, mas rapidamente foi arranjada uma forma de utilizar de uma forma geral, para qualquer serviço, como o bit.ly.

existe um site não-oficial, no qual colocamos o link e esse mesmo link é encurtado para goo.gl em conjunto com uma string gerada automáticamente, como fazem os demais serviços deste género.

Outra forma de utilizar o serviço, é a extensão para o Google Chrome, Goo.gl URL Shortener, que coloca um botão de fácil acesso na toolbar do browser, que ao ser carregado, apresenta imediatamente o URL já encurtado e com a possibilidade de partilhar no Twitter em conjunto com o título da página.

Fonte

Google e os lançamentos da semana

Esta semana tem sido de loucos lá para os lados de Mountain View, Califórnia.

Foram lançados novos projectos e melhoramentos dos já existentes, elevando assim cada vez mais o seu nível de qualidade. De todos os lançamentos feitos durante estes últimos dias, temos a destacar:

Se continuarem assim, o utilizador final só tem a ganhar.

Google já apresenta resultados em tempo real

É sempre a lançar e a melhorar novos serviços.

Desta feita, a Google adiciona ao já aclamado motor de busca, a funcionalidade de pesquisa em tempo real. Além de pesquisar em websites em tempo real, começou a abrangir também redes sociais e blogs.

As redes sociais abrangidas por esta nova feature do motor de busca são o Facebook, TwitterMySpace, FriendFeed, Jaiku e Identi.ca.

Apenas está disponível em Inglês por enquanto, mas podem testar estas novas funcionalidades no Google Trends e enviar algum feedback de modo a melhorar cada vez mais o motor de busca.

E para finalizar, aqui fica uma frase que demonstra o optimismo da equipa quanto ao serviço e as melhoras que estão para vir.

As we’ve written before, search is still an unsolved problem and we’re committed to making it faster and easier for people to access a greater diversity of information, delivered in real-time, from across the web. I’m tremendously excited about these significant new real-time search features.

Cá esperamos para ver.

Youtube Feather (versão mais leve)

Hoje em dia já todos temos ligações bem rápidas e vemos sem qualquer tipo de problema alguns streams em alta-definição, contudo, algumas máquinas mais antigas ou até mesmo a novidade do momento – o netbook – sentem alguma dificuldade em processar todos os vídeos,  não só por causa das configurações das máquinas, mas também por causa das ligações de banda larga móvel que se costuma utilizar em conjunto com os mesmos.

Esses problemas estão resolvidos, aparentemente.

A equipa do Youtube fez questão de lançar uma versão muito mais leve do serviço que vai permitir a computadores e ligações menos poderosas, visualizarem os conteúdos sem problemas e/ou paragens nos vídeos.

Há um senão; o serviço fica bem mais reduzido em termos de recursos mas também em features, perdendo algumas funcionalidades importantes (pelo menos para mim), ficando apenas só o mais importante:

  • Vídeo;
  • Comentários;
  • Vídeos relacionados.

Não carrega mais nada, ficando assim um serviço bem mais limpo visualmente, leve em termos de recursos e também adaptado a netbooks, com ecrãs mais pequenos.

Se quiserem testar basta acederem à página Youtube Feather Beta, entrar no grupo de desenvolvimento e começar a utilizar normalmente. Caso queiram sair e voltar tudo ao normal, basta aceder novamente à mesma página e sair do grupo de desenvolvimento.

Google Public DNS – Serviço de DNS gratuito

A Google anunciou que está a disponibilizar servidores de DNS para usarmos como alternativa aos dos nossos ISPs.

Este serviço, Google Public DNS, promete concorrer com o OpenDNS (que por sinal é muito bom) e com isto só fica a ganhar o utilizador.

Os servidores de DNS têm um papel importantíssimo na Internet (e não só), porque faz a conversão de domínios para IPs e vice-versa.

Deste modo, basta apenas digitar um domínio qualquer, por exemplo http://www.google.pt e o servidor de DNS irá fazer a conversão para o IP onde está alojado o website e redireccionando o utilizador para o site pretendido.

Para poderem testar o novo serviço da Google basta colocarem estes IPs como vossos servidores de DNS:

  • 8.8.8.8
  • 8.8.4.4

Foi disponibilizado um tutorial para quem não o sabe fazer, aqui.

Devem notar algumas melhorias (ainda não testei) em termos de velocidade e principalmente de segurança.

Google Chrome OS

No passado dia 19 de Outubro foi lançado o Chromium OS, que é a base do novo sistema operativo da Google, o Google Chrome OS.

O Google Chrome OS é focado nos utilizadores que usam maioritariamente a Internet no seu computador, ou seja, o sistema operativo irá funcionar com base em serviços web (web apps) já existentes, como o Google Docs, Calendar, Gmail, Youtube, entre outros.

Todos os dados do sistema operativo são guardados no cloud e isso permite que em qualquer computador que use o Google Chrome OS, nós fazemos login com a nossa conta Google e temos acesso ás nossas definições e todas as demais configurações associadas com aquela conta.

O sistema em si é muito rápido, embora eu apenas o tenha testado em virtual machine. Contudo, consegue fazer boot do sistema em apenas 7 segundos!

A GUI nestas early versions ainda é bem verde, parece-se muito com o Google Chrome (browser) mas com umas funções adicionais.

Ao contrário do que se esperava, o sistema não vai permitir a instalação de aplicações adicionais, portanto, quem está dependente de outras aplicações, este não é o sistema ideal para dia-a-dia. Mas nem tudo é mau; com este sistema o risco de vírus é muito mais reduzido para não dizer quase nulo, visto que os ficheiros de sistema são read-only e não podem ser alterados. As actualizações irão ser feitas automaticamente e o mais rápido possível, de modo a proporcionar uma estabilidade e rapidez regular.

Aqui fica um vídeo de demonstração do sistema:

Se quiserem testar por vocês mesmos, basta “passearem” nas redes p2p que encontram imagens já feitas e prontas a utilizar numa virtual machine, ou então, podem simplesmente fazer o download da source oficial e compilar por vocês mesmos.

Links: Chromium Project (OSBrowser)

Oferece-se convites para o Google Wave

Finalmente consigo ter acesso a alguns convites do Google Wave.

Para quem não sabe o que é o Google Wave ou tem dúvidas de como funciona, pode ver este artigo que explica algumas das vantagens e features do novo serviço da Google (ainda em preview).

Como tenho cerca de 15 convites disponíveis, decidi partilhar para todos terem a oportunidade de exprimentar isto como deve ser. Existem várias maneiras de pedir:

Se quiserem, é só tentar um desses métodos, ou então há sempre maneira de pedir no Twitter, visto que milhares de utilizadores estão a oferecer também, bastando apenas enviar o e-mail que querem associar ao Wave.


O nerd que trata disto!

Assim muito rápidamente, sou nerd e developer ás vezes.
Tenho 18 anos e estou a acabar o curso de programação de sistemas.
Sou novo por estas bandas a que chamam de blogosfera.
Também escrevo no WinAjuda.

As minhas redes sociais

Top10 mais vistos